Astros e estrelas — 31 January 2014
Dai Macedo, Miss Bumbum, fala tudo sobre seu namoro com um cadeirante

Em entrevista à revista Glamour, Dai Macedo fala sobre seu namoro e a repercussão na mídias sociais pelo fato dele ser portador de necessidades especiais para locomoção.

Ela: Dai Macedo, 26 anos, natural de Goiânia, faz cursos para ser apresentadora de TV. Ele: Rafael Magalhães, 31 anos, de São Paulo, advogado. Juntos, os dois tinham tudo para ser mais um casal feliz como qualquer outro. Não fosse por um detalhe: ela, atual Miss Bumbum, namora um cadeirante. Quando a notícia estourou na mídia, foi o suficiente para vários seguidores da modelo encherem os dois de críticas. “Coitado do cara, fica só no desejo, ela é muito sacana” foi um dos comentários mais leves que surgiram. O advogado ficou cadeirante após um acidente de carro, dez anos atrás. Para Glamour, Dai falou sobre o preconceito vivido por ela e Rafael: “As pessoas são muito desinformadas. O Rafa é bem independente, trata tudo com tanta naturalidade, faz tudo sozinho (academia, compras, etc) às vezes até esquecemos que ele é cadeirante”. dai macedo

Dai e Rafael se conheceram há oito meses, quando o advogado a adicionou no Facebook e marcaram encontro. Na época, ela ainda nem era Miss Bumbum. Quando venceu o concurso, estavam juntos e ele ficou orgulhoso da namorada. “Ele me apoia em tudo, como agora que estou fazendo um curso de apresentadora de TV – quero mostrar que não sou apenas bonita, mas também inteligente. Rafa e eu temos uma relação muito boa e planos de casar. É com ele que quero ficar”, diz a modelo, apaixonada. Em seu perfil do Instagram, uma foto mostra o clima “love is in the air” dos dois, com a legenda: “Cuide de quem corre ao seu lado e de quem te quer bem. Essa é a coisa mais pura”. Veja a participação de Dai Macedo no Miss Bumbum 2013:

Ao contrário da crítica, a sexualidade não é um tabu. “Na cama, fazemos tudo normalmente, não temos problema nenhum com isso. Não sei porque teria de ser. Os cadeirantes conversam com seus médicos para descobrirem seus pontos mais sensíveis do corpo na hora “H” para, com isso, terem relações normais. As pessoas precisam mesmo é se informar antes de sair falando bobagens por aí. Mas resolvemos não nos abalar mais com isso. O sentimento fala bem mais alto do que o preconceito”.

Com a informação da Revista Glamour.

Notícias Relacionadas

Compartilhe

About Author

Ipitanga HOST desde 2004 provendo visibilidade na internet, de Lauro de Freitas para o mundo. Soluções da Fábrica de Marketing com a direção de Tony Barreto. Whatsapp: +55 71 99885169

(0) Comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

ALERTA: Conteúdo impróprio para menores de 18 anos
O conteúdo desse post pode ser considerado ofensivo ou inapropriado. Consideramos conteúdo para adultos, se você for menor de idade click em SAIR para ir para homepage.